Gal e Cia aportam em Belo Horizonte, no próximo dia 16 de fevereiro, no Palácio das Artes, para apresentação única do vigoroso show “A Pele do Futuro”. Ingressos à venda a partir da próxima terça-feira (15/01), às 10H, simultaneamente na bilheteria do Palácio das Artes e ingressorapido.com.br

Já incluso na lista dos antológicos shows de Gal Costa, “A Pele do Futuro” segue em turnê nacional, com o patrocínio da Icatu Seguros, e vem provocando surpresas e catarses, em uma plateia cada vez mais jovem, além dos fieis seguidores da cantora. A estreia foi em São Paulo, na sequencia o Rio de Janeiro. Salvador e Belo Horizonte são as próximas paradas.

Desde 2011, quando surpreendeu a mídia e o público com o impactante projeto “Recanto”, que se desdobrou em show histórico, que Gal Costa se expõe cada vez mais, mesclando um repertório contemporâneo que a recolou em definitivo na linha de frente da moderna música brasileira.  Como diz Marcus Preto, diretor do disco e show “A Pele do Futuro”, no projeto de agora “se fazem presentes e atuantes as galcostas de todos os tempos: fatais, legais, índias, tropicais, profanas, plurais, estratosféricas. De ontem e de além”.

REPERTÓRIO INSTIGANTE: DO ROCK AO FREVO:

No generoso roteiro, que passa ao largo da previsibilidade, das vinte músicas tocadas, seis pertencem ao novo disco, enquanto as restantes deram conta de sintetizar os 53 anos de carreira da cantora. Com a inquietude que lhe é peculiar, Gal leva ao palco um feixe de canções que proporciona um diálogo entre os compositores da nova geração com alguns nomes da sua própria tribo.

E mais plural que todas elas, Gal coloca a sua voz a serviço de temas assinados por Caetano Veloso, Gilberto Gil, Silva, Dani Black, Djavan, Nando Reis, Jorge Mautner, Marilia Mendonça, Roberto e Erasmo Carlos, Dorival Caymmi, Moraes Moreira, Lupicínio Rodrigues, Ronaldo Bastos e César Lacerda, entre outros. No repertório, entre as músicas do novo e elogiado disco que  dá nome ao show, alguns temas que tornaram-se icônicos na voz de Gal  Costa: “Vaca Profana”, “Chuva de Prata”, “Dê um role”, “Azul”, “Sua Estupidez”, e um set só com temas carnavalescos (“Balancê”, Festa do Interior”, “Massa Real” e “Bloco do Prazer”.

Pupillo, que assume o posto de baterista e diretor musical, recrutou uma banda de músicos jovens: Chicão (teclado), Pedro Sá (guitarra), Lucas Martins (baixo) e Hugo Hori (sax e flauta).

O cenário é de Omar Salomão, filho do poeta Wally Salomão (1943 – 2003), que dirigiu Gal no histórico show Fatal (1971).

Serviço

SHOW – “A PELE DO FUTURO”

Local: Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro – Tel.: 3236-7400)

Data: 16 de fevereiro (sábado)

Horário: 21h

INGRESSOS:

Plateia 1= R$ 220,00 (inteira) / R$ 110,00 (meia)
Plateia 2= R$ 200,00 (inteira) / R$ 100,00 (meia)
Plateia Superior: R4 160,00 (inteira) / 80,00 (meia)

Ingressos à venda nas bilheterias do Teatro e no site ingressorapido.com.br

Anúncios